terça-feira, 14 de julho de 2015

Pico do Tira Chapéu

Desta vez nosso destino foi o Pico do Tira Chapéu, o ponto culminante do Parque Nacional da Bocaina (RJ/SP) com seus 2088 metros de altitude, para se chegar ao seu topo se percorre uma bela trilha na crista das montanhas, com aproximadamente 9 km ida e volta.

O pico visto da trilha

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Abrigo Agua Branca

O Abrigo Água Branca foi construído com o propósito de apoiar os serviços de telecomunicação da Rede Globo e afiliadas, bem como da Petrobrás. Desativado e abandonado em 2005, em 2010 a Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME) em conjunto com o PNI decidiu fazer uma vistoria ao local em 2010. Após esta vistoria e diversos esforços em 2012 o abrigo foi aberto para uso público.



O abrigo serve de ponto de apoio para quem fazer a famosa travessia Ruy Braga no Parque Nacional do Itatiaia, esta travessia liga a parte alta do parque a baixa. Nosso intuito era apenas ir até o abrigo e passar a noite por la, pois a localização deste abrigo é extremamente privilegiada, bem na crista da montanha, dando a oportunidade de ver tanto o sol se por, quanto o sol nascer.



quarta-feira, 30 de julho de 2014

Monte Verde (Parte 2) - Chapéu do Bispo, Platô e Pico do Selado

Veja aqui a primeira parte da viagem!

No domingo fomos nos aventurar de verdade. Acordamos cedo, preparamos os equipamento e fomos rumo ao Pico do Selado.

Inicio da trilha
O Pico do Selado é o pico mais alto da região com 2082 metros, para chegar nele existem dois caminhos. Os dois possuem quase a mesma distância, um começa no final da Rua da Mantiqueira, por ele você acessa diretamente o Platô, porém é uma subida mais íngreme. O outro começa no final da Avenida das Montanhas, é uma trilha menos íngreme e que você passa pelo Pico do Chapéu do Bispo antes de chegar ao Platô.
Optamos por ir pelo Chapéu do Bispo, pois além da trilha ser menos íngreme passaríamos por mais um ponto de visitação!

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Monte Verde (Parte 1) - Centro/ Trilha do Pinheiro Velho / Cachoeira do Itapuá

Nosso destino foi a cidade de Monte Verde, distrito de Camanducaia - MG.
Monte Verde fica a mais ou menos 160 km de São Paulo. Uma ótima opção para passar o final de semana devido a sua proximidade.
Saímos na sexta feira no final da tarde, e chegamos a Monte Verde por volta de 9 horas da noite, ja sendo muito bem recebidos pelo frio, com os termômetros marcando 9 graus.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Se aventurando em Cunha


Participamos da primeira etapa de 2014 da Adventure Camp, o maior, mais famoso e muito bem organizado circuito de corridas de aventura do Brasil. Eu já havia participado de outra etapa em 2011, mas para a Yasmin seria a primeira! Decidimos por fazer algo mais tranquilo, e escolhemos a categoria light que são 25 km divididos em quatro modalidades, bike, caiaque, corrida, e vertical. A adventure camp possui duas distancias, 25km e 50km, e diversas categorias dividas nelas. 



Para quem esta começando no esporte a categoria light é uma ótima pedida, porém essas distâncias podem variar um pouco, nesta etapa na verdade foram 28km.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Quando a segurança fala mais alto

Tivemos como destino o Pico das Prateleiras, com seus 2540 metros de altitude, localizado na Parte Alta do Parque Nacional do Itatiaia. Uma trilha de nível médio, com aproximadamente 12 km de extensão(Ida e volta). Para os mais aventureiros é possível subir até o seu cume, onde não é necessário nenhuma experiência de escalada desde que esteja acompanhado de um guia experiente. A escalada consiste na verdade de um trepa pedra, onde em alguns trechos é necessário os auxilio de cordas para transpor o obstaculo.
Do portão do Parque, conhecido como Posto Marcão, se leva em media 1h:40 a 2h:00 de caminhada até a base, e depois mais uma hora em media até o cume, isso em um dia que o parque esteja vazio, pois em épocas de movimento se pode levar até duas hras e meia da base até o cume.
O Parque possui diversas regras e uma delas é que se deve sair até as 17:00 horas dele. O Parque abre as 7:00 da manhã. Logo, por segurança quando for 14h:00 é indicado que você comece a regressar de onde estiver.
O PARNA conta com um programa de condutores, onde todos são rigorosamente testados em avaliações teóricas e práticas para poderem tirar a credencial de condutor. Um programa importante como esse só poderia ser apoiado por nosso grande parceiro, a CURTLO!
A lista de condutores credenciados você encontra em: http://www.icmbio.gov.br/parnaitatiaia/guia-do-visitante.html


terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Fugindo do tumulto de ano novo em Ubatuba

Fomos passar o ano novo em Ubatuba, e lógico que o que mais escutamos foi: "Nossa, vocês são loucos! vai ser um tumulto só!!" e na verdade conseguimos fugir de tudo isso e aproveitar muito bem o final do ano!
Os lugares que visitamos foram:

Praia de Itamambuca
Resumo: Praia agitada, principalmente no canto direito, porém da pra curtir bastante mesmo assim, pois a praia tem aproximadamente 2km de extensão e pro canto esquerdo ela é mais vazia. Além disso, é um dos principais points de surf de Ubatuba.

Praia do Felix
Resumo: Praia belíssima! Muito bem preservada e com ótimas sombras por toda sua extensão fornecidas pela mata que continua ali firme e forte! Fica bastante cheia no canto direito e próximo aos dois quiosques mais para o meio, porém o canto esquerdo é um sossego só!

Praia da Puruba
Resumo: Simplesmente uma das melhores! É uma praia meio que com um toque selvagem e com um fácil acesso. Em plena alta temporada não deviam ter 60 pessoas espalhadas por seus 1,7km de faixa de areia. Sem contar que logo atrás da faixa de areia se localiza o rio Puruba, então além do banho de mar o banho de água doce também é garantido.

Cachoeira da Laje
Resumo: Bela cachoeira e com uma água gelada pra dar aquela lavada na alma. A queda forma um arco onde se consegue ir atrás da queda ou até mesmo deixa a água bater nas costas pra ganhar uma massagem. A cachoeira também conta com um poço de areia onde se pode tomar banho sem preocupações.